Frederico Cattani
FCRT Frederico Cattani

O que é Governança Corporativa?

O que é governança corporativa? Na melhor forma visual de tentar compreender o assunto, pode-se dizer que governança corporativa é uma forma de estruturar o relacionamento entre todos os envolvidos em um determinado negócio, direta e indiretamente, tanto pelos mecanismos que serão usados para gerir o negócio quanto pela forma que as decisões de gestão serão tomadas. Isto é,

“governança corporativa visa gerar valor por meio de uma gestão ética e, portanto, segura, não só para seus investidores, mas para todos os stakeholders da empresa”. (MAZZALI, Rubens. Governança corporativa Rio de Janeiro: FGV Editora, 2018).

É possível perceber o motivo pelo qual o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), referência nacional no tema, defende esse sistema em que instituições são dirigidas, monitoradas e estimuladas, abrangendo políticas de relacionamentos entre sócios, diretorias, órgãos de fiscalização e controle, bem como demais partes interessadas (chamados de stakeholders).

Muitos empreendedores dizem que já possuem um modelo de gestão ou “sabem tocar o seu negócio”. No entanto, governança corporativa é ir para além da intenção íntima e pessoal de quem administra o negócio, é uma estrutura que respeita todas as partes envolvidas e gera valor agregado ao negócio, por exemplo, em uma eventual venda de quotas ou ações, melhora a percepção do mercado sobre o negócio, fortalece o relacionamento com clientes, fornecedores e investidores e solidifica a relação entre sócios e acionistas.

A busca de uma estrutura de governança deve levar em conta o respeito a alguns pilares, que são princípios básicos transformados em recomendações objetivas, e que institutos como o IBGC entendem como fundamentais para alinhar interesses de modo a preservar e otimizar o valor econômico de longo prazo de uma empresa. Importante destacar que governança não é um modelo de gestão focado em somente aumentar dividendos, pois quer ir além disso.

Os quatro princípios essenciais de governança corporativa para o IBGC, e que devem ser motrizes da estruturação corporativa, são: transparência, prestação de contas, equidade e responsabilidade corporativa. 

Importante salientar que falar de governança é falar somente de boas práticas, de atitudes que possam ser justificadas de forma legal, ética e honrada. A busca por uma estrutura de governança corporativa tem o objetivo de fortalecer e disseminar o propósito e a razão de ser de um negócio frente a todos aqueles com quem e para quem se relaciona, com a liderança e o comprometimento dos administradores. 

O principal conselho para quem está buscando um projeto de governança corporativa é entender que não existem modelos prontos e que a realidade de cada negócio deve ser extremamente respeitada em todas as suas etapas, desde o diagnóstico até a implementação, passando pelo planejamento e seguindo com sua manutenção. É importante que se diga isso desde o início, pois a busca por um conceito de governança corporativa pode causar certa confusão e até mesmo frustração entre os empreendedores.